Como fazer o pedido de aposentadoria pela internet

Fazer o pedido de aposentadoria junto ao INSS já foi uma tarefa árdua, mas hoje é bem simples. Todos os procedimentos podem ser conduzidos pela internet.

Mas se você tem dúvidas de como proceder, fique conosco. Vamos explicar o passo a passo para ter acesso ao benefício previdenciário. Acompanhe!

É possível dar entrada na aposentadoria pela internet?

Sim. Primeiro você deve atender aos requisitos para se aposentar – por idade ou por tempo de contribuição. Caso sua opção seja a aposentadoria por idade, os critérios do Instituto Nacional do Seguro Social são os seguintes:

Homens: 65 anos (com pelo menos 15 anos de contribuição);

Mulheres: 62 anos (com pelo menos 15 anos de contribuição).

No caso da aposentadoria por tempo de contribuição, o INSS exige:

Homens: pelo menos 35 anos de contribuição;

Mulheres: pelo menos 30 anos de contribuição.

Já sabe qual das modalidades será a escolhida? Então agora vamos ver como dar entrada na aposentadoria pelo Meu INSS.

O que é o Meu INSS?

Essa é uma plataforma que oferece diversos serviços previdenciários pela internet. Assim, você não precisa se deslocar até uma agência nem perder tempo na fila. Bem mais prático, né?

O Meu INSS pode ser acessado no site meu.inss.gov.br ou no aplicativo para celular, disponível nas lojas oficiais.

Como pedir a aposentadoria pela internet?

Agora que você já sabe qual caminho seguir, vamos mostrar o passo a passo para dar entrada na aposentadoria pelo Meu INSS. Confira:

  1. Entre no Meu INSS com seu login e senha. É possível fazer isso pelo site ou pelo aplicativo de celular.
  2. Clique em Novo Pedido e escolha o campo Aposentadorias e CTC e Pecúlio. Depois, é só indicar a modalidade de aposentadoria desejada.
  3. Se necessário, ajuste seus dados pessoais (nome, e-mail, endereço etc.).
  4. Anexe a “documentação comprobatória para análise do pleito”. Isso nada mais é que a relação de documentos necessária para comprovar o seu direito à aposentadoria.
    Note que cada documento tem que ser anexado num espaço específico. Para não haver erros, siga a ordem apresentada pelo Meu INSS.
  5. O sistema vai acusar automaticamente caso falte alguma informação para dar continuidade ao pedido de aposentadoria.
  6. Em seguida, vem a tela de vínculos e períodos trabalhados e contribuídos. Confira com calma as informações, especialmente as datas de início e término de cada vínculo empregatício. Você poderá editar ou acrescentar dados que estejam faltando no sistema.
  7. Essa área também funciona como um simulador de aposentadoria, pois aponta se você alcançou os requisitos para solicitar o benefício. Então, estando tudo nos conformes, basta concluir a solicitação e aguardar.

Vale dizer que também há a aposentadoria por invalidez, solicitada quando a pessoa tem uma doença grave ou deficiência que a incapacite permanentemente de trabalhar. Nessas situações, os critérios para entrar com o pedido são um pouco diferentes.

Temos um artigo aqui no blog que explica os detalhes. Acesse o link abaixo para conferir:

Saiba mais: Como solicitar aposentadoria por invalidez e quais são os requisitos

Documentos necessários para pedir aposentadoria no INSS

Em muitos casos, as informações que constam no banco de dados do INSS são suficientes para comprovar vínculos empregatícios e tempo de contribuição.

De qualquer modo, é possível incluir, alterar ou excluir informações do sistema. Basta apresentar a documentação comprobatória, que varia de acordo com a categoria à qual o trabalhador pertence.

Os documentos principais para pedir aposentadoria no INSS costumam ser:

  • RG ou outro documento de identificação com foto;
  • Carteira de trabalho;
  • Comprovante de residência;
  • Comprovante de período de atividade;
  • Extrato previdenciário CNIS.

O link a seguir traz uma relação completa da documentação para aposentadoria. Ao clicar, você abrirá uma página dentro do portal do INSS com todas as informações detalhadas.

Quanto tempo demora para sair a resposta do pedido de aposentadoria?

Depois que você finaliza a solicitação pela internet, resta apenas esperar. O INSS vai analisar o seu pedido e, se tudo der certo, liberar a aposentadoria.

Mas quanto tempo o requerimento do INSS fica em análise? Bem, o prazo é de 90 dias para aposentadoria por idade ou aposentadoria por tempo de serviço. Esse limite foi instituído em 2021, após acordo com o Ministério Público Federal para diminuir a fila do INSS.

Solicitando aposentadoria por invalidez, o tempo máximo de retorno é de 45 dias após a perícia.

Para acompanhar o andamento de seu caso, você pode consultar o INSS pelo telefone 135. Outra opção é acessar o Meu INSS e seguir até a seção Consultar pedidos.

Leia também: Você tem direito ao acréscimo de 25% na aposentadoria?

É possível fazer o pedido da aposentadoria pelo telefone?

O meio prioritário para solicitação de aposentadoria é a plataforma Meu INSS, tanto no site quanto no aplicativo. Contudo, se você tem dificuldades para lidar com essa tecnologia, pode solicitar ajuda pelo telefone 135.

A Central de Atendimento do INSS fica disponível de segunda a sábado, das 7h às 22h (horário de Brasília). A ligação é gratuita.

Como pessoas sem telefone ou internet podem solicitar aposentadoria?

Para quem não tem acesso à internet nem consegue telefonar para o 135, a solução é se dirigir a uma agência física do INSS. Nesse caso, não precisa de agendamento. Basta comparecer e encarar a fila.

Lembre-se que a pessoa deve ter todos os documentos comprobatórios em mãos. Isso porque, faltando algum item, ela não conseguirá dar seguimento ao pedido. Ou seja: precisará retornar em outro momento, com a documentação completa e atualizada.

Pedidos de aposentadoria no INSS: expectativa x realidade

O ministro da Previdência Social, Carlos Lupi, já afirmou que é impossível zerar a fila do INSS. Para você ter uma ideia, as solicitações de aposentadorias, pensões e outros auxílios superavam a marca de 1,5 milhão no fim de 2023.

Ainda assim, a autarquia tem feito esforços para reduzir o tempo de espera pela análise dos pedidos. Em 2022, o prazo médio para a concessão de benefícios era de 79 dias. Um ano depois, esse índice caiu para 47 dias.

Uma das medidas adotadas para alcançar esse resultado foi a Lei Nº 14.724/2023, que criou o Programa de Enfrentamento à Fila da Previdência Social. Ele oferece pagamento de bônus aos servidores do INSS que conseguirem concluir processos atrasados.

Leia também: A demora na fila do INSS e a isenção de IR

Quando pedir ajuda de um advogado previdenciário?

Se o seu pedido de aposentadoria foi negado, se a análise está demorando mais de 90 dias ou se você teve dificuldades com o portal Meu INSS, é hora de partir para a via legal. Procure um serviço especializado de advocacia e busque seus direitos na Justiça.

Para tanto, conte com o escritório Tomasi | Silva. Nossa equipe é especializada em Direito Previdenciário e atende clientes do Brasil inteiro pela internet.

Entre em contato conosco e veja como podemos ajudar! Atuamos em pedidos de aposentadoria, isenção de Imposto de Renda para aposentados e muito mais.

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar por E-mail
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Pinterest
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar por E-mail
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar no WhatsApp
  • Compartilhar no Pinterest